Blog Mercadão Maringá

25
out-2018
Bazar solidário da indústria da confecção será no Mercadão
25/10/2018

No mesmo período, no local acontecerão a Feira Literária, Festival Afro-brasileiro e vários shows musicais

O bazar “Chic é ser Solidário”, que a indústria da confecção de Maringá e região promoverá em novembro para arrecadar fundos para a construção de uma casa de apoio que atenderá acompanhantes de pacientes internados no Hospital Universitário, neste ano deverá ter o dobro da duração da edição realizada há dois anos e acontecerá em um dos pontos de maior afluência de público, na Travessa Jorge Amado, dentro da programação “Mercadão na Praça”, que reunirá ainda a Feira Literária de Maringá (FLIM) e o Festival Afro-brasileiro.

O bazar que acontecerá de 21 a 25 de novembro vai comercializar a preços especiais roupas que estão sendo doadas pelas indústrias filiadas ao Sindicato da Indústria do Vestuário de Maringá e Região (Sindvest). O evento é organizado pelo Sindvest, com apoio do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Associação de Amigos do Hospital Universitário Regional de Maringá e da promotora Amici Eventos Branding. Outros parceiros já estão se unindo à iniciativa da indústria da confecção.

“Mesmo com a economia do País passando por momentos difíceis, nossos filiados consideram que a solidariedade é importante e se unem por acreditarem que é possível fazer algo para tornar a vida do outro um pouco melhor”, diz a gerente Executiva do Sindvest, Rosângela Laviso Corrêa, idealizadora do projeto.

O Mercadão Municipal de Maringá, que ultimamente vem se tornando palco de importantes eventos, propôs que o “Chic é ser Solidário” aconteça na Travessa Jorge Amado, ao lado do Mercadão, contando com toda a estrutura já existente. “Vamos colocar três containers grandes e confortáveis, onde as roupas ficarão expostas em araras e cabides e os visitantes do bazar vão contar com toda a estrutura já existente no local, como segurança, energia, sanitários, além de dezenas de bares, restaurantes e outros estabelecimentos”, diz Thiago Abrão, representante do Mercadão.

Segundo ele, acontecendo naquele local de 21 a 25 de novembro, o bazar do “Chic é ser Solidário” ainda se beneficiará da afluência de pessoas, já que no mesmo período, também na Travessa Jorge Amado, acontecerão a 5ª. Festa Literária Internacional de Maringá (FLIM) e o Festival Afro-brasileiro, promovido pela Gerência de Promoção da Igualdade Racial em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura.

Causa nobre

O “Chic é ser Solidário” deste ano será em prol da construção da Casa de Apoio do HU, destinada a abrigar familiares de pacientes. A Associação de Amigos do HU já conta com uma área próxima ao hospital, dentro do terreno pertencente à Universidade Estadual de Maringá (UEM), e com os projetos técnicos e arquitetônicos.

“O HU atende pacientes de muitos municípios e geralmente os acompanhantes destes pacientes não têm onde permanecer com um certo conforto e sem despesas”, disse a presidente da associação, Miriam Bardeja. “Há casos de mulheres com filhos pequenos internados, que precisam de tempos em tempos amamentar o bebê, mas têm que permanecer nos corredores do hospital porque não há um local específico para abriga-las”.

Além de oferecer pouso e alimento aos acompanhantes, a Casa de Apoio poderá abrigar pessoas que, mesmo não estando internadas, precisam dar continuidade a tratamentos no HU.

 

Fonte: Maringá Convention & Visitors Bureau